SERVIÇOS PARA CIDADÃO

SERVIÇOS PARA CIDADÃO - EDUCAÇÃO
ALIMENTAÇÃO ESCOLAR - MERENDA
Avaliar Serviço


ALIMENTAÇÃO ESCOLAR – MERENDA

 

 

O Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) oferece alimentação escolar e ações de educação alimentar e nutricional a estudantes de todas as etapas da educação básica pública.

 

O governo federal repassa, a estados, municípios e escolas federais, valores financeiros de caráter suplementar efetuados em 10 parcelas mensais (de fevereiro a novembro) para a cobertura de 200 dias letivos, conforme o número de matriculados em cada rede de ensino.

 

O PNAE é acompanhado e fiscalizado diretamente pela sociedade, por meio dos Conselhos de Alimentação Escolar (CAE), e também pelo FNDE, pelo Tribunal de Contas da União (TCU), pela Controladoria Geral da União (CGU) e pelo Ministério Público.

 

São atendidos pelo programa os alunos de toda a educação básica (educação infantil, ensino fundamental, ensino médio e educação de jovens e adultos) matriculados em escolas públicas, filantrópicas e em entidades comunitárias (conveniadas com o poder público).

 

 

Depois que as refeições estão prontas, são acondicionadas em recipientes térmicos e transportadas em carro adequado para as escolas de destino, onde são proporcionadas e servidas pelas auxiliares de cozinha. Na padaria piloto são produzidos pães normais, e são produzidos produtos de panificação normal para atender alunos especiais com alimentação especial.

 


 

COMO OCORRE O PROCESSO DE FORNECIMENTO DA ALIMENTAÇÃO ESCOLAR:

 

a)  Planejamento de cardápios: Os cardápios são planejados mensalmente e calculados para atender as necessidades nutricionais mínimas dos escolares, de acordo com a faixa etária.

b)  Cardápios especiais: Mediante laudo as crianças com necessidades alimentares especiais são atendidas integralmente com cardápios e refeições diferenciadas, de acordo com a patologia, fazendo assim a inclusão, pois o lanche servido sempre é semelhante ao dos demais alunos.

c)   Triagem de alunos com necessidades alimentares especiais: Todo início de ano letivo é realizado a triagem dos laudos nas escolas e creches do município a fim de levantar o número de alunos com necessidades alimentares diferenciadas, com a finalidade de contabilizar cada patologia para realização do pregão de aquisição dos gêneros alimentícios adequados para atender cada dieta de forma individualizada.

d)     Participação nas licitações da alimentação escolar e chamada pública: A participação das nutricionistas nas licitações tem o objetivo de fiscalizar as marcas e produtos oferecidos pelo licitante durante o processo, avaliando a qualidade e integralidade do alimento, aprovando-o ou não. Nas chamadas públicas auxiliamos e orientamos os produtores familiares durante o processo.

e)    Visita Técnica nas Escolas: As visitas técnicas ocorrem periodicamente para realizar acompanhamento das atividades referentes ao preparo da alimentação escolar, avaliando a higiene dos manipuladores, dos alimentos e do ambiente de preparo, com aplicação de check-list previamente elaborado e padronizado.

f)     Treinamento anual para manipuladores de alimentos: O treinamento é realizado anualmente para todas as cozinheiras, merendeiras, padeiro e auxiliares de alimentos. Todo ano é abordado um assunto diferente e reforçando os de extrema importância já palestrados. Todos os assuntos são relacionados a boas práticas de fabricação, higiene e manipulação adequada dos alimentos, controle de estoque, armazenamento, descongelamento seguro, distribuição, etc. Além de aulas práticas. Também são convidados para participar do treinamento os membros do CAE (Conselho da Alimentação Escolar), mediante ofício.

g)   Elaboração de manuais referentes a alimentação escolar: São elaborados e atualizados Manuais de Boas Práticas de Fabricação (MBPF), Procedimentos Operacionais Padronizados (POPS) e Manual do Programa Nacional de Alimentação Escolar.

h) Teste de aceitabilidade da alimentação escolar: Realizado anualmente, o teste de aceitabilidade é destinado a medir o índice de aceitabilidade da alimentação oferecida aos escolares.

i)      Pedido mensal de itens alimentícios: Todos os pedidos de gêneros alimentícios são solicitados mensalmente de acordo com o per capita de cada alimento para atender o cardápio mensal.

j)  Atividades de Educação Alimentar e Nutricional: São realizadas palestras, receitas ou atividades práticas com os escolares do município.

 

 



Whatsapp